13/06/2024 às 19h06min - Atualizada em 13/06/2024 às 19h06min
PM é preso suspeito de estuprar jovem de 15 anos na Bahia; vítima estava a caminho da escola quando foi abordada


Um policial militar foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos, quando a vítima estava a caminho da escola. O crime ocorreu na cidade de Itamaraju, no extremo sul da Bahia, no início da manhã de quarta-feira (12).

Segundo informações passadas pela 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Teixeira de Freitas), a abordagem aconteceu por volta das 6h40, enquanto a jovem se dirigia ao colégio onde estuda. Imagens de uma câmeras de segurança mostram o momento em que o homem, que não teve nome divulgado, falou com a vítima.

De acordo com a polícia, em depoimento, a estudante contou que o agente encostou o carro ao lado dela e a ameaçou com uma arma, ordenando que entrasse no veículo dirigido por ele. Ela disse que somente ao entrar no carro notou que o motorista estava fardado como PM.

Beijo com mordida e carícias nas partes íntimas

Conforme a jovem, o suspeito teria perguntado a idade dela, se ela era virgem, o endereço e o número do telefone. O policial teria continuado a dirigir e, no início da rua em que fica a escola onde ela estuda, parou o automóvel e começou a beijá-la.

De acordo com a adolescente, o policial militar também passou a morder a boca dela e passar a mão nas partes íntimas, por cima da calça.

A garota não soube dizer quanto tempo ficou no veículo, porém, detalhou que o policial disse que iria “comê-la” dentro do carro e que não a levaria para outro lugar, porque estava indo para a cidade de Prado, que também fica no extremo sul baiano.

A vítima contou, ainda, que o policial afirmou que a esperaria, nesta quinta-feira (13), às 10h, no ponto de ônibus. Ao chegar em frente ao colégio, o PM baixou os vidros das janelas do carro, cumprimentou o vigilante que estava na porta da unidade de ensino e foi embora.

A 8ª Coorpin informou que a estudante desceu do carro e foi conversar com a diretora do colégio, a quem relatou a violência sofrida. A responsável pela escola convocou a mãe da menina e a orientou a procurar a delegacia da cidade, onde foi registrada a denúncia.

Na delegacia, a jovem informou a placa do carro do suspeito e em consulta nos sistemas da Polícia Civil, foi constatado que o veículo é de um policial militar de 36 anos, lotado na 88ª Companhia Independente da Polícia Militar, em Alcobaça, na mesma região.

O que alegou o policial

A Polícia Civil informou que a comandante da CIPM que o suspeito trabalha foi comunicada e o policial militar foi chamado a se apresentar na delegacia da cidade, onde recebeu voz de prisão.

A 8ª Coorpin informou que as equipes encontraram câmeras de segurança que registraram o momento que o policial abordou a adolescente, e as imagens mostraram que a adolescente não esperava o transporte parada, como disse o policial.

De acordo com a 8ª CIPM, acompanhado de uma advogada, o PM alegou que ofereceu carona para adolescente, que esperava o transporte parada, e que no trajeto de aproximadamente um quilômetro, a convenceu deixá-lo beijar a sua boca, de forma consensual.

O policial informou que não conhecia a adolescente e que foi a primeira vez que ofereceu carona para ela. Além disso, negou ter tocado as partes íntimas dela.

O agente foi autuado em flagrante pelo crime de estupro qualificado, porque a vítima é menor de idade, e foi levado para o quartel da Polícia Militar, onde está preso à disposição da Justiça. A jovem foi encaminhada para acompanhamento psicológico.

 

Por g1 BA e TV Santa Cruz

 

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADA
Pai de bebê que morreu em acidente na BR-030 em Tanhaçu também...
Líder de facção criminosa em Bom Jesus da Lapa morre em confronto com a...
Filho de secretário de Infraestrutura de prefeitura baiana é morto a...
Caetité: colisão envolvendo caminhão e carro de passeio no...
GALERIAS
CLASSIFICADOS